desafios de recrutamento

Compartilhe esse post!

Os 6 maiores desafios do recrutamento e como superá-los

Recrutar sempre foi um grande desafio, porém, tem sido cada dia mais difícil, visto a rapidez com a qual o mercado de trabalho vem mudando e, por consequência, afetando o Recrutamento & Seleção, além de outras variáveis que dificultam o processo de acordo com a vaga em questão.

Sumário

Os desafios do recrutamento

Recrutar sempre foi um grande desafio, porém, tem sido cada dia mais difícil, visto a rapidez com a qual o mercado de trabalho vem mudando e, por consequência, afetando o Recrutamento & Seleção, além de outras variáveis que dificultam o processo de acordo com a vaga em questão. Por isso, separamos aqui alguns dos desafios de recrutamento mais comuns para uma seleção eficaz e como superar cada um deles. Confira e saiba como otimizar o recrutamento na sua empresa:

1. Atrair os candidatos certos

Nem sempre quantidade quer dizer qualidade. Você pode ter muitos candidatos interessados em uma vaga e nenhum adequado a ela. Por isso, para cada seleção é necessária uma estratégia específica que englobe desde a concepção de um escopo completo com os requisitos até o modo como será divulgada a vaga, incluindo a linguagem utilizada e o canal.

O que fazer? 

Deixe claro os requisitos necessários para a vaga em seus anúncios. Utilize formulários com perguntas fechadas que exigem respostas diretas, como SIM X NÃO, assim você já exclui alguém que responda não para algum dos requisitos que sejam essenciais para o cargo.

Faça processos seletivos customizados para cada função e área. Aqui em nosso blog, já abordamos temas sobre como contratar com assertividade nas áreas de finançasagronegóciostecnologia, mas cada processo é único e, por isso, são mais eficazes quando pensados e preparados individualmente.

2. Envolver candidatos qualificados

Os candidatos mais qualificados costumam estar sempre empregados e até mesmo recebem propostas constantes, sendo assim, acaba sendo ainda mais complicado achá-los no mercado de trabalho, o que torna isso um grande desafio de recrutamento. Quando a busca é por habilidades mais específicas e até mesmo técnicas, ela se torna ainda mais árdua, pois há um número bastante reduzido de mão de obra. Por isso, o esforço para atrair os profissionais mais qualificados tende a ser maior.

O que fazer? 

Antes de entrar em contato com um candidato bastante qualificado e que o setor de recrutamento tenha em mente para a vaga, pesquise o que o motiva e o que o deixa feliz em seu trabalho. Com isso em mão, fica mais fácil atraí-lo personalizando a abordagem e oferta. A cultura da empresa costuma contar muitos pontos nessa hora, deixe-a clara ao candidato e identifique quais são os pontos que podem ser a isca ideal para cada um.

3. Contratar de forma ágil

Com a escassez de tempo e os contratempos que ocorrem nas empresas, as equipes de contratação precisam sempre de uma contratação para “ontem”, ou seja, um processo seletivo rápido e ágil, pois nem sempre um cargo pode ficar desocupado esperando alguém para preenchê-lo. Outro ponto é que quanto mais tempo levar para achar o candidato ideal, mais tempo haverá para que essa pessoa receba uma outra oferta, fazendo com que a empresa perca a oportunidade de ter o profissional em questão.  

O que fazer?

Reveja seu processo de seleção e confira se ele está adequado ao tempo que tem disponível para o preenchimento da função. As estratégias são as melhores? Todas as etapas são mesmo necessárias? Há passos que é possível pular ou então etapas que podem ser feitas num espaço de tempo menor?

Mas lembre-se: toda contratação deve ser feita com cuidado, pois se feita de modo errado pode custar muito dinheiro. Por isso, ainda assim é melhor levar um tempo maior em vista do que pode ocorrer. Elimine e reduza apenas o que não irá alterar o resultado final e eficaz.

4. Construir uma marca empregadora forte

Employer branding, ou marca empregadora, é uma estratégia usada para gerar uma visão positiva sobre a empresa como espaço de trabalho. Uma boa marca empregadora ajuda você a atrair e engajar os melhores candidatos, além de retê-los. Mas essa estratégia só se mantém com o dia a dia, quando de fato há uma preocupação com os colaboradores e uma cultura organizacional coerente com o que a empresa passa para o mercado.

O que fazer?

Faça avaliações internas com os colaboradores e esteja sempre atento às respostas. Inclusive, responda todos os feedbacks de maneira cortês. Dê espaço para os colaboradores contarem um pouco de suas histórias. É fundamental ainda que haja um plano de carreira para as pessoas que atuam na empresa, assim com outros requisitos, como infraestrutura, flexibilidade e afins.

Os colaboradores que sua empresa já possui serão o que tornará sua empresa atrativa ou não, pois eles são o termômetro de como a empresa trata seu corpo de funcionários. Portanto, seja uma empresa que se preocupa com os seus e atraia os melhores.

5. Garantir uma boa experiência do candidato

Um bom processo seletivo é a melhor porta de entrada de bons candidatos, já que essa é a primeira experiência que a pessoa terá com a marca empregadora. A maneira como você trata os candidatos durante o processo de contratação reflete a maneira como você os tratará quando eles forem efetivados. 

Você consegue imaginar um bom candidato aceitar uma vaga na qual ele foi maltratado durante uma seleção? Não, as pessoas querem estar onde elas se sentem bem. Além disso, isso faz com que a boa fama se espalhe e outros profissionais passam a procurar sua empresa para trabalhar.

O que fazer?

Tenha equipes de Recrutamento & Seleção bem preparadas e atualizadas ou conte com uma empresa especializada em seleção. Deixe sempre claro quais são os próximos passos da seleção para que não haja nenhum mal-entendido e para evitar que a pessoa fique esperando por uma resposta que ainda não existe. Procure dar feedbacks de todas as etapas, mesmo que eles não sejam positivos. Os processos devem ser os mais claros possíveis.

6. Criar um processo de recrutamento eficiente e ágil

As equipes de contratação precisam ser ágeis e a seleção demanda muito tempo e colaboradores para todas as etapas, que vão desde a publicação da vaga, triagem de currículos, realização de entrevistas e outras. Esse pode ser um tempo valioso que os recrutadores poderiam usar para coordenar o processo de contratação e garantir uma boa experiência para o candidato.

O que fazer?

Considere contratar uma agência de Recrutamento & Seleção com expertise na área em que sua empresa atua para facilitar ao menos parte do processo. Isso diminui o tempo que sua equipe interna dispensará com a seleção e haverá todo o suporte necessário. 

Nós, da Somos Hub, temos essa expertise e estamos prontos para ajudar a facilitar todo o processo de recrutamento e seleção para sua empresa, contornando qualquer desafio e garantindo que seus profissionais tenham tempo para focar no mais importante: o seu negócio. Conte conosco para encontrar não apenas os melhores profissionais, mas também aqueles que mais se encaixam com suas expectativas e a cultura da sua empresa!


Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook, LinkedIn e Youtube

Fale Conosco

Diga o que você precisa e nossos especialistas indicarão a melhor solução para a sua empresa.

QUIZ

QUASE LÁ

Insira seu e-mail para começar a receber outros materiais exclusivos!

QUASE LÁ

Insira seu e-mail para começar a receber outros materiais exclusivos!