Recrutamento e Seleção para o agronegócio

Compartilhe esse post!

Recrutamento e Seleção para o agronegócio: quais são as maiores dificuldades?

O Agronegócio é um dos maiores setores da economia brasileira. Atualmente, exportamos para inúmeros lugares e estamos presentes na mesa de pessoas nos 4 cantos do mundo. A nossa terra gera alimento para cerca de 10% da população mundial e 20,33% dos empregos nacionais.

Sumário

Recrutamento e Seleção para o agronegócio

O Agronegócio é um dos maiores setores da economia brasileira. Atualmente, exportamos para inúmeros lugares e estamos presentes na mesa de pessoas nos 4 cantos do mundo. A nossa terra gera alimento para cerca de 10% da população mundial¹ e 20,33% dos empregos nacionais². O agronegócio move o país, e as pessoas movem o agronegócio.

Nesse cenário, encontrar profissionais para atuar nesse setor é uma tarefa de grande responsabilidade, ainda mais considerando todas as novas tecnologias que estão sendo inseridas nos processos de produção. Por isso, hoje vamos falar sobre a complexidade do agronegócio e os maiores desafios de recrutamento e seleção para esse setor.

Por que o Recrutamento e Seleção para o agronegócio é tão complexo?

A inserção da tecnologia no agronegócio vem como uma via de mão dupla. Além de aumentar a capacidade produtiva do setor, ela também promove uma transformação em suas estruturas, pois com a otimização das atividades, o perfil do profissional do agronegócio também muda. Afinal, o setor começa a exigir diferentes skills para lidar com as novas demandas. Assim, novos cargos surgem rapidamente, e cabe aos profissionais se atualizarem para acompanhar todas essas mudanças.

Atualmente, cargos relacionados à gestão de dados e BI são uma realidade no setor, contudo, conhecer as especificidades das atividades do campo é sempre uma necessidade para se dar bem na área, por isso, atualmente o perfil ideal de um candidato para o agronegócio precisa misturar o melhor de dois mundos: conhecimentos específicos sobre o setor e conhecimentos técnicos em determinadas áreas de tecnologia e desenvolvimento. 

Quais são os maiores desafios de Recrutamento e Seleção no Agronegócio?

Visto a complexidade dos cargos a serem preenchidos, é natural que o processo de Recrutamento e Seleção para Agronegócio tenha suas peculiaridades e desafios próprios. Entre as maiores barreiras, podemos citar:

  • Desenvolver testes de acordo com as demandas específicas da vaga

Em geral o desenvolvimento de testes de conhecimentos é uma tarefa bastante complicada, e quando falamos do setor do agronegócio esse problema se intensifica, afinal, as skills desejáveis para preencher vagas no setor podem ser muito diferentes umas das outras, muitas vezes sendo competências de naturezas completamente distintas. Nesse sentido, é necessário estabelecer padrões sobre o perfil desejado e elaborar testes específicos, o que exige do recrutador expertise e know-how no setor.

  • Êxodo Rural

Apesar da grande alta do setor, nem todos estão dispostos ou preparados para deixar a vida na cidade. Além disso, a maior parte da população brasileira vive em áreas urbanas, o que significa que, entre as pessoas que vivem nos campos, as possibilidades também são reduzidas, limitando ainda mais o leque de possíveis contratações.

  • Encontrar profissionais que atendam todos os requisitos da vaga

Não podemos ser exaustivos suficiente em ressaltar as dificuldades de encontrar profissionais que possuam as skills necessárias para ocupar vagas que demandam conhecimentos no agronegócio e também em diferentes áreas como tecnologia, desenvolvimento de produtos e mercado, operações financeiras e etc.

Por que o capital humano é tão importante no Agronegócio?

Como dito anteriormente, o agronegócio é feito de pessoas, por isso, a seleção do capital humano é parte fundamental dessa equação. Como atualmente as vagas no setor exigem qualificações muito específicas, profissionais experientes e treinados se tornam ainda mais importantes.

Com profissionais capacitados é possível evitar erros básicos no setor, implantar novas tecnologias e ganhar escala na produção, o que não é possível com uma equipe engessada.

Portanto, ao investir em uma equipe qualificada o retorno é garantido, afinal, os resultados dependem de um capital humano alinhado, que entenda todas as dificuldades desse setor que não apenas está em constante mudança, mas que também depende de fatores externos incontroláveis, como o clima.

Por que a retenção de talentos é essencial no Agronegócio?

Visto a grande multiplicidade de fatores e o grau de dificuldade envolvido na seleção e recrutamento de profissionais para o Agronegócio, é claro que a retenção dos talentos também é um ponto de grande atenção. Afinal, ninguém quer passar por diversas etapas para depois perder o profissional. Portanto, a retenção de talentos no Agronegócio é importante pois: 

  • Contribui com a economia

Reter talentos sempre colabora com a redução de custos, evitando-se gastos com processos demissionais. Além disso, a frase “tempo é dinheiro” é clichê, mas não deixa de ser verdade. Toda a dedicação de tempo na procura, contratação e treinamento desse profissional também se perde.

  • Auxilia na construção de uma equipe engajada

Em geral, quanto mais tempo um profissional fica na empresa, mais tempo ele tem para se adequar à cultura da companhia. Com isso, criam-se equipes mais engajadas, que verdadeiramente vestem a camisa e entendem a importância do seu trabalho para manter funcionando um dos setores mais importantes do país.

  • Encontrar um profissional para substituição do cargo nunca é uma tarefa fácil

Considerando a dificuldade de encontrar profissionais preparados para atuar no setor, encontrar um profissional para substituição do cargo se torna uma tarefa ainda mais árdua. Pensando nisso, garantir a retenção do talento deve ser uma das prioridades.

Por fim, é sempre bom lembrar que a retenção de profissionais vai muito além de oferecer um bom salário ou benefícios. Não que isso não seja importante também!

Para garantir que um profissional fique na sua empresa é preciso garantir um ambiente laboral saudável, onde ele se sinta seguro. Além disso, o alinhamento de políticas, cultura e expectativas entre empresa e candidato também é extremamente relevante para garantir que ele permaneça, pois todos os lados sabem o que esperar, o que diminui as chances de frustração.

E para garantir que tudo isso aconteça você precisa contar com um time de recrutamento e seleção preparado, que tenha know-how e conheça as especificidades do setor do agronegócio para promover um processo assertivo e assegurar o “match” entre o que a sua empresa precisa e o candidato ideal.

Com a Somos Hub você garante tudo isso, afinal, temos anos de experiência na área de agronegócio e contamos com a expertise de profissionais que já trabalharam e entendem exatamente as necessidades deste setor, por isso estamos prontos para encontrar os melhores profissionais!

EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) – O Agro Brasileiro alimenta 800 milhões de pessoas, 2021¹

CEPEA – USP (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo) – Mercado de Trabalho do Agronegócio, 2021²


Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook, LinkedIn e Youtube

Fale Conosco

Diga o que você precisa e nossos especialistas indicarão a melhor solução para a sua empresa.

QUIZ

QUASE LÁ

Insira seu e-mail para começar a receber outros materiais exclusivos!

QUASE LÁ

Insira seu e-mail para começar a receber outros materiais exclusivos!