Recrutamento por Competências

Compartilhe esse post!

Recrutamento por Competências: a solução para evitar contratações pouco assertivas!

Você sabe o que é o recrutamento por competências e por que ele é tão relevante para encontrar o candidato ideal? Continue lendo e entenda:

Sumário

O que é o recrutamento por competências?

O nome “recrutamento por competências” é autoexplicativo: trata-se de um método personalizado de recrutamento e seleção que procura levantar todas as competências de um candidato, ou seja, ao invés de considerar apenas os conhecimentos técnicos, avalia-se também outros aspectos como, por exemplo, suas capacidades cognitivas e mindset, tudo isso para verificar se ele será, de fato, a opção ideal para atender as demandas do cargo em questão.

Conceito CHA: Os Três Pilares da Competência

Para que o recrutamento por competências seja bem-sucedido, é primordial conhecer e entender o conceito CHA, que nos ensina os 3 fatores imprescindíveis para um recrutamento por competências: 

  • Conhecimentos: que se refere ao saber adquirido, o know-how. Geralmente está relacionado com as hard skills.
  • Habilidades: que se refere a colocar o conhecimento em prática, o desempenho, o saber fazer. 
  • Atitudes: que se refere à iniciativa, ao “querer fazer”. Geralmente está relacionada com as soft skills.

As hard skills são competências tangíveis, como: 

  • Graduações, mestrados, doutorados e cursos técnicos;
  • Conhecimento em outros idiomas;
  • Saber operar máquinas e/ou ferramentas;
  • Entre outras!

Então, quando falamos de soft skills, estamos nos referindo às competências não tangíveis, como:

  • Atitude;
  • Criatividade;
  • Comunicação;
  • Liderança;
  • Solução de problemas;
  • Gestão de tempo;
  • Trabalho em equipe
  • Entre outras!

Assim, podemos fazer uma simples associação: as competências técnicas entram na esfera das hard skills, enquanto as competências comportamentais estão no campo da soft skills, e ambas são extremamente importantes e devem ser levadas em conta – e testadas – durante os processos de recrutamento e seleção para que seja possível encontrar o candidato ideal.

Competências Técnicas + Comportamentais = O candidato ideal

Encontrar o candidato certo pode parecer impossível – ainda mais se já ocorreram muitos processos falhos -, mas estamos aqui para te contar justamente o contrário: encontrar o candidato ideal é sim possível, mas para isso, é preciso de um time de recrutamento e seleção preparado, que tenha experiência e know-how para saber avaliar tanto as competências técnicas quanto as comportamentais.

Apesar de serem mais complicadas de mensurar, as soft skills também precisam ser avaliadas durante o recrutamento e seleção, e cabe ao recrutador desenvolver mecanismos para que isso seja possível. Assim, o mesmo vale para as hard skills pois, apesar de elas parecerem mais simples de comprovar, ainda existe um grande grau de dificuldade envolvido.

Hoje existem métodos específicos para realizar tanto os testes técnicos quanto as avaliações das habilidades comportamentais e cognitivas dos candidatos, e ambos são muito importantes durante o recrutamento e seleção, afinal, as hard skills são consideradas requisitos básicos para o preenchimento de uma vaga, mas as soft skills têm sido cada vez mais valorizadas por empresas, fazendo a diferença na rotina de trabalho das equipes e, também, na consolidação de uma boa cultura organizacional.

Portanto, recrutar levando em consideração as competências, apresenta diversos benefícios:

  • Contratações mais assertivas:

Todas as habilidades e conhecimentos principais que um candidato deve ter para cumprir satisfatoriamente as obrigações atribuídas à vaga são avaliadas durante o recrutamento, assim, é muito mais provável que ele se dê bem no cargo e agregue valor à equipe, aumentando o seu potencial.

  • Redução da taxa de Turnover:

Como apontado no item anterior, as contratações por competências tendem a ser mais assertivas, isso faz com que o turnover seja mais baixo, pois as chances de que os candidatos não atendam às expectativas da empresa ou não se adaptem à cultura são poucas.

  • Diminuição do tempo dedicado à orientação e treinamento de novos colaboradores:

Uma vez que, as competências fundamentais para o cargo são devidamente avaliadas durante o processo seletivo, geralmente o período de treinamento é menor. Assim, tendo como maior foco a integração do profissional na equipe ao invés da instrução técnica sobre as atividades e funções.

Dessa forma, agora que você já sabe as vantagens do recrutamento e seleção por competências, está na hora de começar a aplicá-lo! Para isso, é importante contar com um parceiro experiente, que saiba reconhecer as necessidades da sua empresa para garantir o match perfeito entre vaga e candidato, um parceiro como a Somos Hub! Estamos prontos para avaliar tanto as competências técnicas quanto as competências comportamentais de candidatos para encontrar o colaborador ideal para o cargo certo.


Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook, LinkedIn e Youtube

Fale Conosco

Diga o que você precisa e nossos especialistas indicarão a melhor solução para a sua empresa.

QUIZ

QUASE LÁ

Insira seu e-mail para começar a receber outros materiais exclusivos!

QUASE LÁ

Insira seu e-mail para começar a receber outros materiais exclusivos!